terça-feira, 20 de novembro de 2007

Top-Top

Não sou de reclamar de minhas atribulações. Mas é natural que, dando aula em quatro colégios e fazendo faculdade, tempo não seja artigo abundante. Ocorre que, no fim de Novembro, acumulam-se: reuniões pedagógicas, redações, trabalhos, semanas de provas, aulas de revisão, além de provas, trabalhos e seminários na faculdade. Está difícil parar para pensar no que escrever. Então, como sei que sempre aparece alguém aqui, resolvi postar algo diferente - para mim, não para os blogs em geral. Sempre fui viciado em Listas, mas nunca fiz. Vamos lá:

TOP10 - Cenas que não canso de rever:

1. Magnólia - Wise Up: Quando todos os personagens interrompem as próprias histórias para um desabafo coletivo que vai além da simples quebra de verossimilhança. Um dos inúmeros motivos que tornam esse o maior filme de minha vida (1999 - Paul T. Anderson).



2. De Volta para o Futuro 1- Johnny B. Good: Ponto alto do primeiro filme da trilogia mais gostosa e viciante da história do cinema. Marty enfim faz sucesso com uma guitarra na mão. Ou não! Para quem entende inglês, ainda há tiradas ótimas (1985 - Robert Zeminsky).



3. O Iluminado - O carrinho pelos corredores: Montagem e direção simplesmente implacáveis, em uma cena macabra com o final avassalador. Ainda hoje sufocante e assustadora (1980 - Stanley Kubrick).



4. Psicose - Cena do Chuveiro: A maior aula prática de como se criar uma cena de suspense memorável. Trilha sonora, edição ágil, o assassino sempre nas sombras. Presente de um Deus do cinema (1960 - Alfred Hitchcock).



5. Scarface - Diga alô pro meu amiguinho: Um resumo de tudo o que foi feito - e de tudo o que seria feito - em termos de filmes de Gângster descentes (1983 - Brian de Palma).



6. Pulp Fiction - You never can tell: Um lado humano, mas não menos despudorado, de um gângster. Sacada de gênio, completada pela ótima trilha sonora e a volta triunfal do eterno rei da disco, John Travolta (1993 - Quentin Tarantino). Assista.

7. Grande Ditador - O discurso cômico: Tão bom quanto o discurso final proferido pelo barbeiro, aqui temos Hynkel falando ao povo da Tomânia. Hilária cena carregada de sagazes críticas aos totalitarismos da primeira metade do século (1941 - Charles Chaplin). Assista.

8. Blow UP - Tênis sem bola: Como rebater toda a melancolia humana, a difícil inclusão no tempo/espaço social e a falta de valores que assola os jovens? Tudo isso sem ser piegas? A resposta pela arte, o jogo de máscaras (1967 - Michelangelo Antonioni). Assista.

9. Exterminador do Futuro - T1000 no chão quadriculado: Quem foi jovem no início dos anos 90 com certeza ainda se arrepia com essa cena, entre tantas outras espetaculares. Efeitos especiais incríveis, quebrando paradigmas cinematográficos (1991 - James Cameron). Assista.

10. Os Saltimbancos Trapalhões - Hollywood: Performance hilariante desse grupo de comediantes que marcaram o cinema e a televisão brasileira. Trilha sonora de Chico Buarque e uma Lucinha Lins inspirada (1981 - J. B. Tanko). Assista.

______________________________________
Talvez eu retorne com outras listas no futuro. Por enquanto é só matador-de-tempo e atualizador-de-blog. O fato de haver canções do Chuck Berry como fundo de duas das cenas não é mera coincidência.

4 Resposta(s):

Isadora A. disse...

ahhhhhhhhh ÓTIMA lista. o conceito, e as cenas, mesmo. posso copiar pra minha "Top 10 listas de Top 10 a fazer" ?

Zé(d's) disse...

ha

Anna Flávia disse...

dos dez, três eu vi. :D
contudo já não lembro bem das cenas, vamos ver.


beijo!

Davi disse...

Zé vc lembra dos nossos infinitos top 10 no cursinho???? Tinha top dez de praticamente tudo..
Top 5 melhores momentos

1 - Lavando a casa na república com direito a foquinha
2 - "Olha a cria do criadu mudo, embaixo da cama, emcima do muro"
3 - "Davi, tem um monte de muxuroca lá emcima da geladeira..."
4 - Zé: Eis que eu acordo e vou para o banheiro do fundo.. e o que eu encontro????? Restos da festança do davi...
5 -

hahhahaa

Clicky Web Analytics