segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Ilusão (Ato I, Cena I).

Abrem-se as cortinas, música alta tocando - sala típica (poltronas e carpete - os personagens andarão ao redor, mas não sentarão).

Júlio (entrando pela direita, conversando sem olhar para trás, a música vai baixando, aos poucos, a voz ficando mais perceptível)

"Não é tão simples quanto parece. (entra Sérgio pela mesma lateral) Fazer cinema é caro, é preciso captar muito dinheiro, convencer pessoas de que sua idéia é melhor que as duzentas outras idéias que elas recebem todo dia".

Sérgio (entrando e colocando-se a dois metros de Júlio)

"O Governo costuma ajudar, todo filme tem o patrocínio da Petrobras e da Anvisa".

Júlio (entre gargalhadas)

"É Ancine seu idiota! Anvisa é de Vigilância Sanitária! Acho que nem se fosse um filme de merda como o nosso, a gente ia ter patrocínio da Anvisa! Hahaha!. (Sérgio começa a rir). Tá vendo Sérgio? Se você não melhorar seu discurso a gente não consegue patrocínio nem com o Zé da desentupidora".

Sérgio (esfregando o rosto, como tentando se recompor)

"Ai... é tudo a mesma coisa. Ancine, Anvisa, Angina... O que a gente precisa é de indicação. E se a gente escrevesse um email? Sei lá... Pro Fernando Meireles? Aquela produtora dele é cheia de ajudar iniciante. Ele tem um blog, lá deve ter os meios de contato".

Júlio (olhando para um ponto futuro, pensativo)

"A idéia não é má! Mas será que ele lê tudo que escrevem? Geralmente esses caras têm assessor até pra cagar!". Tudo bem. Vamos ver a Ana antes, ver o que ela acha disso, daí a gente vai jantar e manda esse email amanhã. Na janta, a gente pensa no que vai escrever. Você acha que vale a pena mandar uma cópia do Roteiro? Antes de registrá-lo?

Sérgio

"Melhor não. Vai que esse email cai em mãos erradas e roubam nosso negócio".

Júlio (Saindo por onde entrou, Sérgio vai na frente - Volta a música, agora bem alta , mal se ouve o que o Júlio diz)

"Certo. A gente combina uma reunião, se ele responder, é claro". (Sai)

Ato I, Cena II
__________________________________________________________
Image Hosted by ImageShack.usLerdo esteve um tempo em São Paulo. Lá, conheceu dois rapazes muito estranhos, Sérgio e Júlio. A história deles parece engraçada de se contar. Além disso, pôde voltar a Marília e bater um papo com o Vinicius, um rapaz que só pensa em Sexo, Rosquinhas e Rock and Roll.

4 Resposta(s):

Vini disse...

Hahaha... sim eu ando pensando muito nisso...

Bruno disse...

O Fernando Meireles eu não sei, mas eu gostaria muito de ler esse roteiro!

Vini disse...

Realmente muito bom!!!!!!

lara :) disse...

continua, continua!

Clicky Web Analytics